DaCosta

O que cabe em minh'alma

Textos

AINDA

                                        AINDA

                       Aquela voz rasgou o espaço...
                       Atravessou o tempo...
                             Ágil como um assombro
                         em imponderável movimento, atingiu-me a alma
                   Do espanto, irrompeu-me o pranto
                   e a saudade há tanto camuflada
                                      esfrangalhou-se
                  nas lágrimas p
                                         e
                                                   r
                                                           o
                                            l
                                                  a
                                           d
                                        a
                                             s  

dacosta
Enviado por dacosta em 06/08/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras