DaCosta

O que cabe em minh'alma

Textos

                          ARTE  SACRA
Comprei essa talha em Fortaleza!
Nela, um galho de árvore abriga um ninho
Onde pássaros amorosos alimentam seus filhotinhos

O artista humilde, artesão de fato,
gravou com tanta arte na madeira crua
que a cena, mais parece um retrato na parede nua.

Há anos, olho as tenras folhas...
Os cipós que se entrelaçam num abraço cálido...
E soltam novelos em espirais, graciosos
Esperando da brisa o embalo

Há tempos, ouço o arrulhar distante
Dos pássaros amantes no seu mundo em flor
Há muito, espero que num voo errante
Voem sem destino, ganhem outra cor...

Enquanto isso, penso no artesão...
Que de tão carente...
Os aprisionou!


 
dacosta
Enviado por dacosta em 22/09/2016
Alterado em 22/09/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras