DaCosta

O que cabe em minh'alma

Textos

                      O ESCULTOR
Pela vida percorreu distâncias
Mórbidas experiências de tempo e dor

Sofreu presença de saudades, tantas
Rompeu caminhos, se desfez do amor
Ignorou a sede da tristeza
Em caudalosos atos, generosamente
Distribuiu no entorno, um sentimento raro
Olhou ao outro e fez do abstrato
Um ser do fato...
Ao esculpir a flor!

 
dacosta
Enviado por dacosta em 05/04/2017
Alterado em 05/04/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras